27
jan
08

Efeitos nocivos da televisão


Não se Contamine : Efeitos nocivos da televisão

A modernização dos meios de comunicação possibilitou a rapidez das notícias que estão chegando ao seu destino às vezes tão rápido quanto a velocidade da luz, rompendo de forma fantástica as barreiras causadas antigamente pela distância entre os países. Entre esses meios de comunicação destaca-se a televisão, que é também um dos recursos da tecnologia mais utilizados na globalização. Desde 1950, quando chegou ao Brasil, ela tem sido considerada um meio de comunicação de massa, e ultimamente tornou-se um dos principais passatempos para as crianças. Uma pesquisa promovida pelo Latin American Kids Study (Estudo das Crianças da América Latina), patrocinada por alguns canais de televisão a cabo infanto-juvenil, concluiu que a criança tem mais forte relação com a TV do que o adulto.

A maioria, 91% dos entrevistados, diz que ama assistir à televisão, e 81% assiste à TV duas horas ou mais por dia. Afinal, para que foi criada a televisão? A princípio, ela foi criada com o propósito de unir a imagem à voz para promover diversão, informação e cultura. Ms, se por um lado a televisão tem contribuído com os grandes avanços na comunicação, transmitindo notícias jornalísticas, programas educativos e entretenimento aos lares do mundo inteiro; por outro, pode também significar um grande perigo para a família. Isto porque o objetivo para o qual ela foi criada tem sido deturpado em função de pelo menos três fatores: o interesse comercial, a ação maligna do coração pecaminoso do homem, e a ação direta de Satanás.

Desses três fatores originaram-se o que podemos chamar de efeitos nocivos que, por sua vez, têm prejudicado a vida espiritual, emocional e física do ser humano. O que acontece quando a pessoa dá mais atenção aos programas de televisão do que à família? O relacionamento conjugal se torna cada vez mais frio e o diálogo entre pais e filhos diminui. Quando isto acontece diminui também o afeto. Sem o sentimento de amor, carinho e amizade, a família perde o seu objetivo, que é formar o caráter e a personalidade do indivíduo, e passa a ser simplesmente um amontoado de pessoas estranhas morando em uma mesma casa. Os lares que são intensamente influenciados pela televisão sofrem tremendamente com a falta de diálogo. O que acontece a uma família cujas pessoas dão total atenção aos programas de televisão e negligenciam o importante aspecto da comunicação, que é o diálogo? O que acontece à família, cujos pais costumam passar horas a fio assistindo à TV e não utilizam a comunicação para educar e instruir os seus filhos nos bons hábitos da vida? Os filhos certamente crescerão com sentimentos de que eles não têm nenhum valor para os seus pais, e isto acaba afetando a auto-estima deles.

Faça uma experiência, um desafio. Mantenha o aparelho de televisão desligado em sua casa durante uma semana. Depois veja o que acontecerá. É provável que nos primeiros momentos você, seus filhos e sua esposa não tenham nenhum assunto a conversar, porque as programações da TV absorveram todo o poder de comunicação entre vocês. A TV é capaz de provocar disputas entre os membros de uma família. E isto porque nenhum dos interlocutores chega a um acordo sobre qual programa deseja assistir. Por exemplo: se alguém decide assistir a um jogo de futebol e outro prefere um filme, ou um programa jornalístico, ou uma novela etc, generaliza-se, então, uma ferrenha disputa pela televisão, que resulta muitas vezes em conflitos e aborrecimentos.

Existe outro elemento que interage no momento em que a pessoa assiste à TV: as mensagens subliminares, cujas informações o raciocínio lógico e a percepção natural não conseguem captar. Somente o nosso subconsciente pode colhê-las. Essas mensagens são geralmente apresentadas por meio de palavras, desenhos, gestos e objetos que se ocultam por trás de histórias ou fatos aparentemente inofensivos, e que não conseguimos identificá-las de imediato. Pessoas fascinadas pela televisão são, geralmente, vítimas das mensagens subliminares. Elas sempre costumam andar na moda, usando as roupas e os sapatos com marcas lançadas por modelos ou por seu artista de novela preferido. Não levam em conta que muitas vezes por trás dessas marcas há sempre uma mensagem de apologia ao ocultismo ou ao satanismo. Entre essas pessoas estão também muitos crentes que acabam espiritualmente doentes e enfraquecidos na fé.

A TV está produzindo crianças com sentimento negativista, colérico, vingativo, autoritário e malicioso. A maioria dos desenhos infantis mostra muitas trapaças e mentiras com resultados positivos e personagens com comportamentos inadequados que sempre se saem bem na história. Também mostra brigas e comportamentos agressivos. Muitos desenhos animados não informam corretamente as conseqüências dessa agressividade. Se o seu filho tem sido influenciado por informações sobre o espiritismo ou outras religiões ocultistas, certamente ele estará correndo sério perigo e precisará de ajuda espiritual. Leve-o à Escola Dominical e aos cultos na igreja. Em casa compartilhe com ele dos ensinamentos da Palavra de Deus e faça cultos domésticos. Assim, você estará simultaneamente eliminando a semente da dúvida semeada pelos programas perniciosos da televisão e enxertando as verdades sagradas em seu lar.

É provável que a essa altura você esteja preocupado, e pergunte: “Pastor, então quais os cuidados que devemos tomar? Devemos queimar o aparelho de televisão?”. A resposta é Não. Não seja radical. Entretanto, tome as seguintes atitudes:

1) evite assistir a novelas e programas humorísticos;

2) evite assistir a pelo menos 95% dos filmes, oitenta por cento dos programas de show e 80% dos desenhos animados. Evite também os programas infantis que são geralmente apresentados por top model de mini-saia consideradas pela mídia como símbolo sexual;

3) se você é fascinado por futebol a ponto de discutir com a esposa em casa, e ocupa a maior parte do seu tempo assistindo a programas esportivos, controle-se; evite essas programações. Podemos assistir somente a programações consideradas de pouco interesse para a maioria da população brasileira, como: notícias jornalísticas, documentários e programas educativos e evangélicos. Porém, cuidado com os ensinamentos heréticos que podem confundir a sua fé e destruir tudo quanto você aprendeu na Palavra do Senhor. Se houver comunicação de qualidade em sua casa, e os programas de televisão forem substituídos pelos cultos domésticos, a família poderá se dedicar mais e mais às coisas de Deus, e o poder do Espírito Santo transformará vidas, sensibilizando, convencendo, comovendo e esclarecendo os corações.

Só mesmo Ele convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo através de você. Sejamos, portanto, instrumentos de comunicação eficazes para a glória do Senhor. Trabalhemos com o objetivo de arrebanhar almas para o Reino de Cristo. Conquistemos a nossa família para Deus.

Pastor Silas Malafaia

Anúncios

0 Responses to “Efeitos nocivos da televisão”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Photobucket Rua Romeu Marcello 16 - Jardim Primavera, Salto de Pirapora/SP
Photobucket
Photobucket Campanha "TENDA DOS MILAGRES" . O Santuário Terrestre de Deus. Todo Domingo às 19:00 horas. PARTICIPE!!!
Photobucket ESPAÇO JOVEM: Todo sábado às 19:30 horas.
Photobucket CULTOS nas IEQ's: Bandeira - Campo Largo e São Manoel: 3° Feira, 6° Feira e Sábados às 19:30 horas.
Photobucket AULAS GRÁTIS: Bateria, Guitarra, Violão e Teclado. CURSOS de pintura em guardanapo. Na IEQ Sede.

Videos

Ultimos Comentarios

Visitas desde 24/07/2009

free counters
AmazingCounters.com
Abençoados
eharmony besucherzahler contatore internet